fbpx

Conheça 5 Tipos De Massagem E Seus Benefícios Após Os Treinos

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Existem vários tipos de massagem capazes de promover o relaxamento muscular. E depois do pós treino, tudo o que uma pessoa deseja é poder relaxar um pouco.

Sendo assim, a massagem acaba caindo como uma luva nessas horas. Se você sente muito cansaço e dor depois de fazer uma atividade, então não se preocupe.

Aqui, separamos alguns tipos de massagem para que você possa aliviar esse desconforto nos músculos.

Com as técnicas certas, de maneira rápida, você conseguirá obter os benefícios de um pós treino relaxante. Se você quer saber como, continue lendo.

Tipos De Massagem Para O Pós Treino

Tipos De Massagem Para O Pós Treino

Todo mundo sabe que o ato de massagear o músculo é uma ótima maneira de fazer com que as dores musculares sumam.

Além da massagem não ser algo invasivo, ela não tem contra indicação alguma. Portanto, qualquer um pode se utilizar dessa técnica em qualquer idade.

Com vários focos diferentes, você pode tirar o proveito necessário para cada parte do seu corpo.

Sendo assim, veja abaixo os melhores tipos de massagem pós treino.

1. Massagem terapêutica

A massagem terapêutica acaba sendo utilizada por muitas pessoas como uma medicina alternativa.

Isso porque ao realizá-la, há a possibilidade de combater dores crônicas e outros problemas relacionados a dores.

O principal método dessa massagem é utilizar as mãos para realizar estímulos relaxantes no corpo todo e regular do funcionamento do sistema muscular.

A técnica aqui faz com que os dedos sejam os principais responsáveis para retirar nódulos de tensão acumulados.

Por conta dos movimentos de deslize, o relaxamento muscular se torna possível.

2. Massagem relaxante

O nome aqui já diz tudo. A massagem relaxante promove, no pós treino, um dos melhores benefícios que se pode ter: o relaxamento muscular por completo.

Apesar de todas as massagens promoverem uma sensação de relaxamento, essa, em especial, faz com que a massagem se torne ainda mais prazerosa por ser feita com movimentos suaves e lentos.

Esses movimentos fazem com que a pessoa se sinta mais calma, consiga aliviar dores na cabeça, fadiga, cansaço, dentre outras coisas.

Quando essa massagem relaxante é feita após o treino, ela auxilia na liberação de ácido lático, que evita as dores e os danos nos músculos.

Além disso, a massagem relaxante faz com que você consiga melhorar seu desempenho físico no dia seguinte.

Uma observação importante ao realizar essa massagem é que ela precisa ser feita somente depois de ter finalizado todos os treinos e que não haja intenção de realizar mais nenhum exercício.

3. Massagem desportiva

Para quem treina pesado e precisa de uma reabilitação na musculatura a fim de promover seu bem-estar, a massagem desportiva é a ideal.

Isso porque ela tem como finalidade fazer com que o sistema nervoso fique mais ativo e mais desperto e, assim, faz com que o corpo desperte ao ponto de eliminar qualquer tipo de sonolência.

Muitas pessoas acham que a massagem desportiva é indicada somente para que faz exercícios de alto rendimento.

No entanto, ela também acaba sendo muito indicada para quem faz:

  • Dança;
  • Treino comum;
  • Corrida;
  • Cross fit;
  • Entre outros.

Essa é uma massagem que se utiliza de movimentos lentos e firmes que fazem com que a musculatura se solte e que a circulação seja ativada.

Por conta disso, ela é capaz de melhorar a respiração, eliminar as toxinas e ainda estimular o sistema linfático.

Esse é um dos tipos de massagem que, quando feito com frequência, pode promover o alongamento, flexibilidade e um melhor rendimento a médio e longo prazo.

Sendo assim, se você tem interesse em praticá-la, faça sessões no mínimo duas vezes na semana, com uma hora de duração.

4. Reflexologia

Essa é uma massagem pós treino que é feita nas mãos e nos pés. O principal instrumento para que ela aconteça é a ponta do dedo do massagista.

O objetivo principal é massagear os pontos de reflexo posicionados nos pés e nas mãos, a fim de serem estimulados, por estarem ligados a outras partes do corpo como os órgãos e os tendões.

Então, quando esses pontos sofrem com esses estímulos, o cérebro consegue liberar uma carga de energia, aliviando as dores e mantendo o equilíbrio dos órgãos e sistemas.

Quando ela é feita assim que acaba o treino, ela pode enviar sinais aos músculos e também aos tendões para que nódulos consigam desaparecer e lesões possam ser prevenidas.

5. Shiatsu

Esse é um dos tipos de massagem que se utiliza de métodos orientais em sua prática.

Sendo assim, ele acaba sendo feito por meio da pressão da ponta dos dedos e dedões e o peso da mão.

Seu objetivo é fazer com que o corpo atinja uma harmonia.

Portanto, está é a massagem indicada para quem sofre com muitos  incômodos por conta da tensão e do estresse.

Quando ela é feita no pós treino, acaba auxiliando na restauração do músculo e aliviando as dores provocadas pelas atividades físicas.

Se você não gosta de recorrer ao uso de medicamento, então o shiatsu é perfeito para o seu problema.

Uma observação importante acerca da prática desta massagem é que ela apenas deve ser realizada por um profissional capacitado.

Isso porque somente ele terá a noção da técnica. Então somente assim é que se assegurar os benefícios proporcionados pela massagem.

O ideal é se utilizar da técnica a cada 15 dias, por cerca de uma hora, para que os resultados apareçam e sejam permanentes.

Conclusão

Conclusão

Vimos então alguns tipos de massagem para o pós treino e seus principais benefícios.

Uma coisa que nem todo mundo sabe é que, além da massagem, as pessoas podem adotar o pilates como um método de relaxamento pré e pós treino.

Isso porque assim como a massagem, o pilates pode ajudar com:

  • Alivio de dores;
  • Diminuição de lesões;
  • Efeito calmante;
  • Maior resistência;
  • Entre outros.

Portanto, se você quer conhecer um pouco mais sobre tudo o que o pilates tem a oferecer, clique aqui. Gostou deste artigo? Nos conte nos comentários e compartilhe-o.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Baixe o Ebook de pilates e AVC gratis!

Faça o download aqui!