fbpx

Voltar ao Estúdio de Pilates é Seguro?

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Em tempos de pandemia, voltar ao estúdio de Pilates é seguro? Muitos praticantes da modalidade estão com esta mesma dúvida.

Afinal, é natural ter receio. Uma vez que, mesmo as atividades retornando aos poucos, a pandemia ainda não foi vencida.

Diariamente, várias pessoas continuam contraindo a doença e requerendo tratamento. Além disso, ainda se especula sobre uma segunda onda de contaminação.

Portanto, saber se realmente é seguro voltar ao estúdio de Pilates é importante. Sendo necessário também aprender algumas dicas para se prevenir.

Voltar ao estúdio de Pilates é seguro em alguns casos

A pandemia é um momento delicado da história do mundo, que certamente ficará marcado em livros de história e na memória.

No entanto, a situação está cada vez mais sob controle, diminuindo diariamente o número de pessoas infectadas. Portanto, as cidades voltaram a abrir alguns serviços, inclusive os estúdios de Pilates.

Por isso mesmo, é preciso identificar em quais casos é seguro voltar aos treinos e quando ainda é interessante manter o afastamento.

Voltar quando não é do grupo de risco

Se você não pertence ao grupo de maior risco, que são os idosos, pessoas com asma e comorbidades, é possível voltar.

Tendo em vista que, os estúdios de Pilates possuem condições de higiene e seguem normas de segurança para voltar a atender.

É importante evitar a ida, caso você tenha algum sintoma de gripe ou desconforto que possa indicar que contraiu covid-19.

Entretanto, se está bem de saúde e tomando os cuidados necessários, é possível voltar ao estúdio de Pilates com segurança.

Vou treinar de máscara?

Sim! Uma das regras para voltar ao estúdio de Pilates é que todos estejam usando máscara, a temperatura seja aferida na entrada e use álcool em gel.

Dessa forma, é possível evitar o contágio dentro do estúdio. Afinal, a máscara é uma barreira física que evita o contato com fluidos de outras pessoas.

No entanto, é preciso ter atenção e de fato, treinar com a máscara cobrindo adequadamente sua boca e nariz. Caso sinta sede, é interessante se afastar dos demais para beber água.

Nesse momento, todo cuidado deve ser tomado para evitar se contaminar. Afinal, o objetivo é voltar a treinar para melhorar sua qualidade de vida.

Portanto, ter cuidado nunca é um exagero. Evite tirar a máscara durante o treino e se concentre na sua respiração. É possível treinar com máscara, você só precisa se adaptar.

Higienize todas as superfícies

Sempre que for realizar um exercício, utilize álcool para higienizar o equipamento. Dessa forma, você evita entrar em contato com fluidos de outras pessoas.

Ao higienizar os equipamentos antes do uso, é possível treinar com mais segurança. Esse é um hábito que você deve adotar durante a pandemia e levar consigo para a vida.

Afinal, um equipamento compartilhado acaba sendo um possível transmissor de várias doenças. O que faz com que, a higienização dos equipamentos seja sempre recomendada, mesmo quando a pandemia finalmente passar.

Evite ficar muito próximo

A regra de evitar aglomerações existe justamente com o objetivo de evitar ficar próximo de outras pessoas.

Tendo em vista que, se uma pessoa contaminada espirra e você está distante e usando máscara, você está mais protegido.

O ideal é manter no mínimo 1 metro de distância, mesmo do professor de Pilates. Este é um desafio para o profissional, que deverá orientar a postura mantendo distância.

No entanto, com atenção às orientações e disposição, esse é um desafio fácil de ser driblado. De modo que, você possa melhorar a execução de seus movimentos sem se colocar em risco.

Higienize suas roupas ao voltar para casa

O cuidado com a higiene continua ao chegar em casa! Portanto, vale a pena não usar o mesmo calçado da rua em casa.

Além disso, chegando em sua residência, coloque as peças de roupas usadas para lavar. Dessa forma, você evita levar alguma contaminação para casa.

Higienizar as roupas e máscara, colocar para secar ao sol e usar novamente é mais seguro. Minimizando o risco de contaminação por ter ido para a rua.

Vale a pena voltar ao estúdio de Pilates?

Depende! É importante que você analise a sua saúde física e mental. Ansiedade, depressão e dores no corpo não são normais.

Caso esteja manifestando algum desses sintomas, vale a pena voltar a treinar Pilates! De modo que, a prática possa te ajudar a combater esses problemas de saúde.

No entanto, se você mora com alguém que está no grupo de risco e fazendo o isolamento, vale a pena respeitar.

Nesses casos, você pode praticar Pilates com aulas online. De modo que, a técnica te ajude a evitar problemas de saúde física ou emocional durante o isolamento.

É possível voltar com algum grau de segurança. Mas depende de você, manter todos os hábitos de segurança que são novos e necessários.

Se manter vigilante é a melhor maneira de evitar se contaminar e levar vírus para as pessoas que você ama. Mas entre voltar ou não ao estudo de Pilates, a decisão é só sua.

O que não fazer em seu estúdio de Pilates na retomada?

Você já se questionou sobre o que não fazer em seu estúdio de Pilates durante a retomada das atividades econômicas?

Muito tem sido debatido a respeito de quais cuidados precisam ser adotados para uma volta com segurança. Afinal, é realmente importante higienizar e preparar o espaço para a retomada.

Mas além disso, é preciso evitar alguns equívocos durante a retomada gradual. Alguns aspectos precisam ser vistos por você e sua equipe.

Com o objetivo de evitar que a administração de seu estúdio de Pilates seja prejudicada na retomada das atividades. Elencamos alguns erros que você deve evitar em sua retomada.

1.      Fazer promoção

Infelizmente é natural que após tanto tempo fechado, o estúdio esteja com problemas financeiros. No entanto, fazer promoção não é a melhor saída.

Não são todos os alunos que vão retornar agora ao estúdio. Por isso, baixar o valor da mensalidade não é uma ideia tão interessante.

É preciso perceber que, retomar o quantitativo de alunos que estavam matriculados antes da pandemia, sequer é seguro.

Afinal, é preciso organizar turmas e horários para evitar aglomeração de alunos. Além disso, as contas não diminuíram durante esse período.

Todos os custos mensais precisam continuar sendo pagos. O que faz com que, seja necessário mostrar ao seu cliente que seu serviço é importante e valioso.

Faça propaganda do seu estúdio nesse período, aproveite as redes sociais para adotar uma divulgação relevante da empresa.

Sempre que possível, fale a respeito dos benefícios do Pilates e que seu estúdio está comprometido com a segurança de todos.

Dessa forma, é possível captar novos alunos e manter os preços saudáveis. Evitando que as contas do estúdio fiquem no vermelho.

2.      Permitir que clientes descumpram normas de segurança

Ao retomar as atividades, é indispensável conversar com sua equipe sobre normas de segurança. É necessário que seus clientes sejam orientados que não podem permanecer no estúdio desobedecendo normas.

Afinal, o descumprimento das normas de segurança desencadeia em multa, caso uma fiscalização constate a situação.

Além disso, a conduta equivocada de um cliente pode expor todos os demais a risco. Ocasionando contaminação de professores e muitos clientes.

Esse é um problema gravíssimo e que pode manchar a reputação de seu estúdio. Sendo um aspecto difícil de lidar posteriormente.

Para não ter dificuldades, espalhe em sua empresa vários avisos a respeito das normas de segurança. Além disso, vale a pena orientar os profissionais.

De modo que, eles saibam intervir com educação e cordialidade caso um aluno tire a máscara, por exemplo.

Esse é o tipo de situação que tem potencial para deixar todos que estão ao redor muito desconfortáveis. Por isso mesmo, vale a pena treinar a equipe.

3.      Dispensar alguns instrutores de Pilates

Dispensar funcionários do estúdio é um erro muito comum em períodos de crise. No entanto, pode ser extremamente prejudicial para seu negócio.

Diferente daquilo que acontece em empresas nas quais o cliente não conhece a equipe, no estúdio de Pilates é preciso cuidado e critério para demitir.

Tendo em vista que, seus clientes podem ter mais afinidade por um instrutor, por exemplo. E isso pode acarretar em problemas para manter a sua clientela após a demissão.

Se um instrutor é demitido durante a crise e ele era muito querido, sua administração será questionada.

Uma vez que, cada profissional apresenta uma metodologia e características pessoais. E isso acaba influenciando a relação entre seus clientes e seu instrutor.

Por isso mesmo, demitir metade da equipe para manter o estúdio sustentável não é a melhor alternativa nesse momento. Principalmente se muitos de seus alunos ainda não estão voltando.

Nesse caso, a demissão daquele professor que é favorito de todos, pode aumentar a resistência de seu aluno a voltar para o estúdio.

4.      Deixar de investir em divulgação

Outro erro extremamente comum e arriscado é parar a divulgação quando o financeiro não vai bem.

Muito embora pareça que essa é uma economia temporária, deixar de divulgar arrisca as suas finanças.

Dado que, devido a alta de divulgação pessoas que poderiam conhecer seu estúdio e se tornarem clientes, vão para a concorrência.

E aqueles que estão em dúvida sobre voltar ou não para o estúdio, acabam deixando a questão cair no esquecimento.

Durante esse período delicado, a principal dica é divulgar que sua empresa está preocupada com seus clientes. Demonstrando em cada propaganda os cuidados que estão sendo tomados para que o estúdio seja seguro.

Dessa forma, é possível atrair as pessoas que estão com receio de voltar, bem como aqueles que estão querendo fazer atividade física após a quarentena.

Não deixe de investir em propaganda nunca! Se a situação está ruim nas finanças, atrair novos clientes pode ser a chave para reorganizar seu estúdio. Evite erros nessa retomada, para manter seu negócio saudável e seus clientes fiéis.

Sandro Alves, dono de estúdio de pilates.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Baixe o Ebook de pilates e AVC gratis!

Faça o download aqui!