fbpx

O Que É Fascia E Qual Sua Função Dentro Do Nosso Organismo?

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Tem muita gente que nunca ouviu falar sobre o que é fascia e muito menos sabe para o que ela é útil dentro do nosso corpo.

No entanto, várias falhas de saúde que incluem dores e até pontos ligados à beleza se originam na fáscia.

Portanto, sua parte dentro do organismo é muito significativa. Saber para o que ela serve é importante principalmente para quem é profissional e trabalha com o musculo.

Para profissionais de fisioterapia e de pilates, ter conhecimento sobre este assunto é fundamental. Se você quer saber mais sobre isso então continue lendo este conteúdo.

O que é fascia?

O que é fascia

Dentro do nosso corpo existe um sistema que se assemelha bastante com uma teia de aranha. Esse sistema é a fáscia. 

Essa teia é a junção do tecido conjuntivo fibroso que é um tecido muito grande e que cobre e interpenetra cada musculatura, osso, nervo, artéria e veia.

Além disso, ele também cobre todos os órgãos internos, como o coração, pulmão, etc. Este tecido não se interrompe e por conta disso, se prolonga por todo organismo.

Essa característica é uma de suas principais e mais importantes, principalmente quando o assunto se trata de dores nos músculos e lesões.

Portanto, é por esse motivo que muitas das falhas podem estar relacionados a ela por conta dela estar em todas as partes do corpo.

Manter o vigor e a força deste tecido é vital para que a saúde se mantenha e trabalhe junto de todos os sistemas do corpo.

Para que servem as fáscias?

Como já foi dito, a fáscia faz a interligação de todas as estruturas corporais envolvendo-as. Dessa maneira, ela oferece uma camada que protege contra traumas do corpo inteiro.

Seu papel também é essencial quando se trata de oferecer suporte ao músculo esquelético. Esse tipo de apoio faz com que o corpo consiga fazer suas ações funcionais.

Por exemplo, permite com que nós consigamos levantar, caminhar, saltar e correr. Além do mais, o órgão consegue ter um melhor deslizamento contra o outro.

O que ocorre quando a fascia é afetada?

Sabendo que a fascia é um tecido importante e que muitas complicações podem se originar dela, quando ela não apresenta uma característica saudável isso acaba sendo prejudicial.

Em seu aspecto normal, ela se apresenta como uma forma ondulada e relaxada, se alongando e se movendo sem nenhuma dificuldade.

Agora, quando o corpo sofre algum tipo de trauma que pode ser físico ou emocional onde se encontra em uma etapa de cicatrização ou inflamação, a fascia tende a perder sua flexibilidade.

Por se tornar um elemento restrito, acaba não cumprindo com exatidão as suas funções. Dessa maneira, acaba se tornando um ponto de tensão para o corpo inteiro.

E isso só acontece por conta dela estar interligada no corpo todo. Sendo assim, os traumas sofridos em uma parte, acabam sendo refletidos em outras.

As mudanças que a fascia vem sofrendo, provoca no sistema fascial uma influência no conforto e também no uso do corpo.

Esse tipo de restrição acaba provocando um mau fluxo sanguíneo, impulsos nervosos enfraquecidos e flexibilidade e amplitude de movimentos menores.

Além de claro, vários outros problemas. Alguns sintomas podem apresentar dores musculares, dores de cabeça e algumas restrições em seus movimentos.

O que fazer se ela apresentar problemas?

Quando um trauma atinge a fascia, essa recebe o nome de restrição miofascial. O “mio” faz referência ao músculo e “fascial” à fascia.

Dessa maneira, é possível perceber o quanto os dois se conectam. Grande parte dos pacientes faz uso de medicações para alívio das dores.

Alguns, se submetem ao tratamento de fisioterapia tradicional, ocupacional, massagens ou pilates. Todos esses métodos são para alívio temporário.

Somente há o acontecimento do tratamento da fascia com a liberação miofascial tratando todo o complexo em que ela percorre.

Assim, só dessa maneira o alívio da pressão e a restrição que causa todos esses sintomas acaba sendo eliminado. 

O que é fascia e do que é feita sua composição?

A composição da fascia é feita de colágeno, elastina e bastante água. Isso tudo faz com que a flexibilidade e elasticidade conservem a energia cinética.

Para que o tecido se mantenha saudável então é necessário que ele seja hidratado. Quando isso não ocorre é aí que surgem os problemas como dores, rigidez, entre outras coisas.

Para prevenir esse enfraquecimento então, o fundamental é manter uma rotina saudável de exercícios e ter o hábito de beber água.

A combinação de movimento e hidratação promovem a saúde da fascia e previnem que ela acabe sendo afetada de alguma forma.

Uma das atividades que consegue cumprir com esse papel de manter o corpo ativo e saudável, preservando não só sua musculatura, mas também a saúde interna da pessoa é o pilates.

Então, uma aula com apenas uma hora de duração e no mínimo duas vezes por semana já é o suficiente para fazer com que esse trabalho de prevenção aconteça.

Músculos muito rígidos, tensos e presos restringem a movimentação de qualquer um. E com o passar dos anos, movimentação restrita é o que menos as pessoas querem.

O passar do tempo já não beneficia ninguém, isso porque a perda de nutrientes, a falta de reposição de hormônios, perda de colágeno, entre outras coisas, fazem com que o corpo já reaja de modo diferente.

Portanto, cuidar e se prevenir nos menores detalhes, fazem com que essa perda natural não seja tão evidenciada assim.

Conclusão

Conclusão

Por fim, vimos então o que é fascia e qual sua importância dentro do organismo. Dessa maneira, se você preza por uma qualidade de vida, é bom se atentar a ela.

Uma rotina mais leve, com conforto, alívio dos músculos e diminuição de tensões só pode acabar sendo feita se a pessoa se dedicar a isso.

Por isso, se mantenha ativo, faça exercícios, procure profissionais com formação em pilates e desenvolva uma rotina mais saudável.

Tudo isso contribuirá efetivamente para sua saúde no futuro. Diga-nos o que achou deste conteúdo e compartilhe-o com outras pessoas.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Baixe o Ebook de pilates e AVC gratis!

Faça o download aqui!