fbpx

Pilates para hérnia de disco

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Recebeu diagnóstico de hérnia de disco? Em geral essa doença ocasiona muitas dores nas costas, sendo o motivo que faz o paciente buscar ajuda.

Logo após o período para tratar a dor, é preciso manter um rigoroso controle para restaurar sua saúde. Incluindo exercícios físicos em sua rotina.

De modo que temos que fortalecer os músculos da coluna para que contribua para que as crises sejam diminuídas. E o Pilates pode te ajudar a fortalecer sua coluna, afastando as crises.

Desenho humano com hérnia de disco

Pilates no tratamento de hérnia de disco

A hérnia de disco se forma quando um disco da coluna se degenera e é um problema associado a muita dor, ainda mais pelo fato de comprometer as vértebras.

O Pilates oferece como principal benefício a correção da postura e estímulo da descompressão da vértebra, o que alivia a dor.

Quem busca um tratamento que alivia as dores sem recorrer ao uso constante de medicações, encontra no Pilates um excelente aliado.

A técnica contribui para a melhora da postura, diminuindo os episódios de dores causados pela má postura. Além disso, os exercícios fortalecem a musculatura de todo o corpo.

De modo que, os desequilíbrios posturais sejam minimizados, evitando o agravamento do quadro. A flacidez abdominal, por exemplo, causa má postura.

O que contribui para que as dores se agravem. Portanto, fazer Pilates para fortalecer a musculatura é parte importante de seu tratamento. Principalmente devido ao fato de ser uma técnica que trabalha muito a região abdominal.

E isso contribui para a sustentação da coluna vertebral. Sendo de grande ajuda para tratar a hérnia de disco.

Mulher realizando exercício de pilates com bola para hérnia de disco

Afinal quais são as causas da hérnia de disco?

A saber:

  • Em primeiro lugar está a falta de mobilidade da coluna.
  • Já em segundo lugar vem o excesso de força que prova a hérnia de disco.
  • Ademais temos diversos fatores como traumas ou lesões.
  • Sobrepeso
  • Ficar muito tempo sentado ou em pé durante o dia.
  • Genética familiar.
  • Desgaste natural da coluna com os anos.

Quais os tipos de hérnia de disco existem?

Protusa:

É a mais comum de todas. O líquido gelatinoso que é formado em sua maioria por água, ainda está no meio do disco.

Ocorre quando o disco se alarga e às vezes pode causar dor pois em alguma parte do disco pode tocar partes do sistema nervoso ou regiões sensíveis.

Extrusa:

É mais severa que a anterior. Nesse tipo de hérnia de disco há a ruptura do próprio disco. Além disso o material gelatinoso sai do centro do disco e perde o contato com sua parte interna.

Sequestrada:

É a mais severa de todas pois o líquido gelatinoso sai do disco e entra no canal raquídeo. Ademais esse fator vem quase sempre com inflamação e muitas dores.

Coluna com tipos de hérnia de disco.

É importante ter acompanhamento profissional

Uma vez obtido o diagnóstico de hérnia de disco, é preciso ter liberação de seu médico para começar os exercícios.

Em geral, o médico espera que o paciente saia da crise causada pela hérnia, para que após o tratamento para dor o paciente possa começar a se exercitar.

Iniciar qualquer prática de atividade física ainda sentindo dores é um equívoco. Portanto, sempre respeite a orientação do seu médico.

Em geral, os médicos indicam o uso de medicação para aliviar a dor durante os dias posteriores à crise causada pela hérnia de disco. E podem indicar também o repouso total.

No entanto, após o médico autorizar a prática de exercícios, o Pilates é uma técnica indicada para a recuperação.

Profissional fisioterapeuta analizando a coluna

Informe ao profissional sobre a sua condição

Quando tiver ademais a liberação médica para começar a praticar Pilates, é importante buscar um profissional capacitado. Além disso, é importante informar ao profissional sobre a sua condição de saúde.

De modo que, esse profissional possa conduzir os treinos de maneira adequada para preservar sua saúde.

Acima de tudo é preciso que os exercícios sejam planejados para quem tem hérnia de disco, respeitando suas limitações e avançando aos poucos.

Com toda certeza, contratar o melhor professor de pilates possível será fundamental durante a prática. Evitando, por exemplo, começar a modalidade treinando sozinho pilates em casa.

Afinal, você pode cometer alguns erros na execução dos movimentos, o que pode comprometer a sua melhora.

Por isso mesmo, o ideal é sempre buscar o apoio de um profissional da área com curso de formação em pilates. Para que o método possa integrar seu tratamento.

Hérnia de disco e o peso corporal

Outro aspecto que precisa ser observado é que, a hérnia de disco é uma compressão vertebral. Portanto, a situação da hérnia de disco pode ser agravada pelo excesso de peso, que aumenta a compressão.

Por isso mesmo, o Pilates também é indicado como uma forma de sair do sedentarismo e eliminar o peso extra.

Manter o peso ideal para sua estatura, é importante para aliviar dores causadas pela hérnia. Bem como é fundamental para a sua saúde, evitando complicações do sobrepeso.

Em linhas gerais, o Pilates contribui para a saúde física e mental. Trazendo como resultado um corpo mais bonito, harmônico e saudável.

Mulher segurando maçã e balança

Pilates para hérnia de disco em todas as idades!

Por fim, mas não menos importante, vale lembrar que os exercícios de Pilates são apropriados para pessoas de todas as idades.

Para o propósito de ter mais qualidade de vida e um corpo mais saudável, adote a prática. O Pilates pode ser treinado de 2 a 3 vezes por semana. Oferecendo resultados extremamente satisfatórios para sua saúde e autoestima.

Praticar Pilates é um hábito que pode ser mantido por toda a sua vida. Sendo saudável para a hérnia de disco e para a qualidade de vida.

O Pilates pode ser feito por crianças, adolescentes, idosos e até mesmo grávidas. O Pilates acompanha todas as fases da sua vida. Afinal, todos os treinos de Pilates podem e devem ser adaptados para o praticante.

Sempre que houver necessidade, converse com seu professor a respeito da sua situação de saúde. A conversa clara e objetiva possibilita o ajuste de seu treino.

Fazendo com que o Pilates te ajude a se reabilitar de diferentes condições de saúde.

Em conclusão…

O Pilates é um grande aliado da saúde física e emocional. Ademais já foi comprovado por muitos estudos que sim ajuda na melhoría da hérnia de disco. Tanto na força como na resitência e estabilidade do tronco.

De fato o pilates ajuda para manter a estrutura da coluna intacta pois fortalece os músculos que dão suporte à esta de tal forma que melhora a postura.

Assim sendo os sistema ósseo não tem que suportar todo o peso superior do corpo sozinho.

O pilates exercita o sistema muscular mas além disso também melhora diversos outros sistemas como o próprio sistema ósseo, nervoso, respiratório e muitos outros.

Que tal conhecer mais e experimentar a técnica? Com certeza não haverá arrependimento após uma aula.

Mulheres de terceira idade realizando exercício de pilates mat

Edição final: Daniele Castro Medeiros, fisioterapeuta.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

2 respostas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Baixe o Ebook de pilates e AVC gratis!

Faça o download aqui!