fbpx

Pilates e depressão

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

5 Benefícios do Pilates na depressão

Listamos 5 benefícios do pilates na depressão no nosso curso de pilates em Sorocaba esse ano e achamos importante compartir porque o método traz diversos benefícios à saúde.

A técnica garante resultados significativos na vida dos praticantes na medida em que possibilita uma conexão entre a mente e o corpo. 

Pilates também reduz a ansiedade e diminui o estresse e além disso melhora a flexibilidade e o tônus muscular. 

 

Mas o que é a depressão?

A depressão é uma doença psiquiátrica crônica que geralmente apresenta conjuntamente uma tristeza enorme. Essa doença vem associada a sentimentos de dor, desesperança , quase nula auto estima e alterações do apetite e sono entre outros.

É importante diferenciar entre 2 tristezas: a patológica da transitória.

A patológica:

  • Não cessa, não para.
  • Aparece de repente sem algum motivo específico.
  • O paciente não tem esperança de melhoria.
  • O humor desaparece por vários dias seguidos.

A transitória:

  • É provocada por acontecimentos difíceis.
  • Desaparece depois de algum tempo.
  • O humor não desaparece completamente, apesar de ficar no profundo do seu ser.

Depressão no mundo.

A depressão atinge a mais de 300 milhões de pessoas no planeta. Muitos podem ser os fatores que desencadeiam essa doença:

  • Estresse físico
  • Estresse psicológico
  • Fatores genéticos (disfunções bioquímicas do cérebro)
  • Doenças sistêmicas
  • Uso de drogas
  • Cambios hormonais
  • Alguns remédios

Podemos também dividir a depressão em 3 graus específicos:

  • Leve
  • Moderada
  • Grave

Quem pode padecer a depressão?

Todos podemos padecer essa doença inesperadamente. Ademais é certo que pessoas que apresentam pais com depressão tem 3 vezes mais de chance de padecer a enfermidade. Isso é um fato comprovado por diversos estudos.

Outro fator curioso é que as mulheres tem o dobro de chance dos homens de ter depressão já que possuem uma alta quantidade de hormônios.

Pessoas de terceira idade também apresentam um fator maior de apresentar essa doença.

Quais os sintomas da depressão?

Entre os sintomas da depressão podemos observar desde sintomas leves a graves e não apenas pequenas alterações no sono como também idéias suicidas. As variedades dos sintomas é muito diversa e nem sempre aparecem todos os sintomas ao mesmo tempo. Ora aparece um como culpa excessiva ora aparece outro como baixa auto estima.

Entre os principais sintomas ademais podemos citar:

  • Dificuldade de concentração
  • Fadiga
  • Problemas psicomotores
  • Dificuldade de concentração

Como Prevenir a depressão?

É difícil fazer uma lista de fatores que podem prevenir a depressão no entanto queremos citar alguns fatores básicos para a prevenção:

  • Alimentação saudável
  • A qualidade do sono
  • Horas de lazer
  • Prática de atividades físicas

E é nesse ponto que queremos tocar! Sem dúvida o pilates é a atividade física mais indicada para a prevenção dessa doença. Queremos portanto apresentar alguns benefícios mas antes vejamos algumas características.

Características da enfermidade:

A depressão é uma doença que podemos observar em diversas fases: desde jovens até depressão em idosos e para as pessoas que possuem essa doença o Pilates é eficiente por consistir de princípios de concentração, respiração e relaxamento. 

No decorrer da prática a aluno percebe a melhora e facilidade ao realizar atividades cotidianas e isso o deixa melhor.

Os exercícios são realizados de acordo com as limitações de cada pessoa, o que permite desfrutar de maior prazer na execução dos movimentos e superar os limites gradativamente, sem tornar os exercícios exaustivos, possibilitando progressões de bem-estar ao longo do tempo.

Os 5 benefícios do pilates na depressão.

Qualquer pessoa que convive com a depressão pode praticar o Pilates porque o método ajuda no combate à doença e também previne o seu aparecimento e da mesma forma é importante que a prática seja acompanhada por um profissional especializado. 

 Importante ter também recomendações do médico responsável pelo tratamento do paciente. Aqui estão as vantagens que o Pilates traz para vida de pessoas que sofrem com a depressão. Confira:

1) Melhora a autoestima:

Durante a execução dos exercícios ocorre a liberação de endorfina, substancia natural produzido pelo cérebro durante e depois da atividade. Ela regula as emoções e as percepções de dor portanto age como anestésico natural, trazendo mais relaxamento ao corpo e gerando bem-estar e prazer.

Durante a execução dos exercícios ocorre a liberação de endorfina, substancia natural produzido pelo cérebro durante e depois da atividade. Ela regula as emoções e as percepções de dor, age como anestésico natura, trazendo mais relaxamento ao corpo e gerando bem-estar e prazer.

3) Aumento da consciência corporal:

Os  exercícios precisam ser realizados de forma consciente e com muita concentração no movimento para que este ocorra de forma harmoniosa e em sincronia com a respiração e os movimentos musculares coordenados. Essas exigências dos princípios afastam naquele momento os pensamentos negativos que estes pacientes depressivos carregam e faz com que ele usufrua de cada movimento do seu corpo para vivenciar o bem-estar da prática do método.

4) Redução do estresse:

O pilates aumenta capacidade respiratória diminuindo a produção de cortisol, hormônio produzido pelo organismo que controla o estresse devido ao fato que os pacientes em estado depressivo tendem a ter uma hipersecreção do cortisol no sangue a todo o momento e isso faz aumentar os níveis de negatividade e depressão.

5) Mais condicionamento físico e disposição:

Os pacientes em estado depressivo acabam perdendo sua resistência física e a força muscular por não ter disposição para fazer as tarefas diárias, então a musculatura fica atrofiada e sem flexibilidade, podendo causar lesões e dores. Dessa forma, o método tornou-se aliado importante a todas estas causas por melhorar as funções motoras através do ganho de força muscular, resistência, flexibilidade, coordenação, fluidez de movimentos e, consequentemente, aumento da disposição.    

5 Benefícios do pilates na depressão e o papel do instrutor: conclusão final.

No nosso artigo dos 5 benefícios do pilates na depressão é importante ressaltar que o profissional que trabalha com pilates é responsável diretamente pelo desempenho do paciente com depressão. Isso porque ele deve elaborar um treino que leve em consideração o quadro clinico de cada pessoa a fim de motivá-la a continuar com a prática. O instrutor deve desenvolver uma relação de confiança, já que ele irá garantir a segurança e a integridade do paciente. O profissional tem que estar apto a ouvir o paciente e trabalhar de uma forma que faça com que ele reaja independente da aula que terá. Para motivar o paciente, o instrutor deve, em todas as aulas, enfatizar os potenciais do aluno e não lembrar os problemas e as limitações que o trouxeram ao Pilates.

Outra recomendação é a de nunca solicitar que o praticante realize algum exercício que ele possa não conseguir, para não correr o risco de frustrá-lo.

Baixe o Ebook de pilates e AVC gratis!

Faça o download aqui!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Baixe o Ebook de pilates e AVC gratis!

Faça o download aqui!